Sobre Cravo Neto

MARIO CRAVO NETO FOTO PERFIL

Mario Cravo Neto nasceu em 20 de abril de 1947 em Salvador da Bahia, onde atualmente vive e trabalha. Ele cresceu entre os círculos artísticos de sua cidade natal e foi exposto pela primeira vez a escultura e fotografia aos dezessete anos. Durante esses anos, conhece Pierre Verger, que, como amigo de seu pai, o escultor Mario Cravo Júnior, era um hóspede frequente da família.

Em 1964, a convite da Fundação Ford e do Senado de Berlim Ocidental, seu pai participa de um programa de artistas residentes em Berlim e passa um ano lá junto com sua família. Mario Cravo Neto usa esse tempo trabalhando artisticamente e aumentando seu contato com círculos de artistas e intelectuais europeus. Em 1968, ele se muda para Nova York para estudar com o escultor Jack Krueger, um dos principais representantes da Arte Conceitual, na Art Student League.

Os dois anos seguintes provam ser de fundamental importância para o futuro trabalho artístico de Cravo Neto. São citadas nesse período as séries de fotos coloridas intituladas On the Subway, publicado pela primeira vez na revista Camera 35 e fotografia em preto e branco que lida com a solidão das pessoas na metrópole de Nova York. Em seu estúdio em Nova York, em Soho, paralelamente a tirar fotografias, ele cria esculturas cujo tema é o “terrário”: o cultivo de plantas vivas em um ambiente contido.

Em 1970, Mario Cravo Neto volta ao Brasil e exibe suas esculturas de terrário criadas em Nova York pela primeira vez na 12ª Bienal Internacional de São Paulo. Isso é seguido por mais exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Depois de um grave acidente de carro em 1975, ele começa a se concentrar na fotografia conceitual feita no estúdio. Deste período emergem vários curtas-metragens e vídeos. Sua fotografia, que geralmente envolve trabalhar com grandes projeções, é exibida em todo o mundo em exposições individuais e coletivas. Em 1979, ele expõe junto com Pierre Verger no Museu de Arte de São Paulo.

Entre 1999 e 2004, publica diferentes livros de fotografia com foco na cultura afro-brasileira e no candomblé *), particularmente em sua cidade natal. A foto-instalação mostrada aqui, Trance_Territories, reúne o trabalho desse período criativo. Inúmeras fotografias foram tiradas por Balbino Daniel de Paula no local de culto do candomblé Ilê Axe Opó Aganju (veja a foto) regularmente visitado por Pierre Verger. 

Cravo Neto descreve Trance_Territories como o resultado provisório dos muitos anos passados ​​internalizando e interpretando poeticamente sua religião. Entre outras fontes inspiradoras, esta foto-instalação é dedicada à divindade afro-brasileira Oxossi e aos intensos encontros com Pierre Verger na Bahia.

“Oxossi é o recém-nascido, o início de uma tradição africana de Kêtu no Brasil, o chamado ‘grande axexé’, que pode ser entendido como a origem e o elo de conexão”. Cravo Neto

Exposições

2004-2006 – Deuses negros no exílio, exposição itinerante, Alemanha

2002 – Galeria Teatro Ecco-Brasília DF, Brasil
Galeria Sicardi, Houston, TX
Coleção latino-americana Daros, exposição itinerante

2001 – Carla Sozzane,
Galeria Milan Yancey Richardson, Nova York, NY

2000 – Galeria Sicardi Houston, TX EUA

1999 – Universidad de Salamanca Salamanca, Espanha

Galeria Sicardi-Sanders Houston, Texas
Galeria Visor Valência, Espanha

1998 – Centro Cultural Recoleta Buenos Aires, Argentina
  Foto Espana ’98 Madrid, Espanha
 Galerie Esther Woerdehoff Paris, França
Galeria Fahey / Kllein, Los Angeles, CA
           Galeria Fahey / Klein em Los Angeles, CA

1997 – Oldenburger Kunstverein Oldenburg, Alemanha
 Galeria Witkin, Nova York, NY

1996 – Museu Bohusläns Uddevalla, Suécia
Museum fur Photographie Sveirige

1995 – Museu de Arte de São Paulo São Paulo, Brasil

Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro, Brasil

1994- Galeria Witkin em Nova York, NY
Museu de Arte Fotográfica San Diego, Califórnia, EUA

1993 –Galeria Fisher, Universidade do sul da Califórnia Los Angeles, CA

1992 – Galeria Witkin em Nova York, NY

1991 – Ada Galeria Salvador, Brasil


1990 – Canon Image Center Amsterdão, Países Baixos


1989 – Arco Arte Contemporânea São Paulo, Brasil

1988 – Pallazo Fortuny Veneza, Itália

1987 – Vision Gallery São Francisco, CA

https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1rio_Cravo_Neto

https://en.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1rio_Cravo_Neto